Clementina de Jesus: obra e legado

Pouco conhecida pela população brasileira, a cantora Clementina de Jesus é a fotografia da mulher brasileira e tudo que sua figura carrega: suas dores, seus sonhos, a falta de oportunidades, sua cor, a pobreza, as marcas de um passado escravocrata, o processo de transformação urbana da cidade do Rio de Janeiro, os ritmos que a formaram, entre outros pontos.

A história da Rainha Quelé é constantemente repetida na vida das mulheres no Brasil. Conhecida pelo grande público após os 60 anos de idade, Clementina de Jesus é uma força da natureza. Neta de escravos e dona de uma voz potente e um estilo que se contrapunha a tudo que o mercado cultural da época valorizava, ela influenciou uma geração de cantores como Beth Carvalho, Clara Nunes, Paulinho da Viola, João Bosco e Martinho da Vila.

Além disso, Quelé também reforça um traço fundamental do Brasil: a oralidade dos cantos ancestrais de matriz africana, que estão presentes na forma como os negros, incialmente escravizados, resistem a diversas formas de violência. Como bem definiu o antropólogo e escritor Darcy Ribeiro, Quelé sempre será a voz dos milhões de negros “desfeitos no fazimento do Brasil”, remetendo a um povo que ainda espera por se reconhecer mais negro do que lusitano.

Na próxima quarta-feira, dia 15/3, o DACOR recebe os jornalistas Luana Costa e Felipe Castro, autores de “Quelé, A Voz da Cor: a biografia de Clementina de Jesus” para falar sobre a obra e o legado dessa mulher que o Brasil precisa conhecer. O curso é gratuito e as inscrições acontecem pelo Sympla.

O que: Curso Clementina de Jesus: Obra e legado de Quelé

Onde: Online, com transmissão ao vivo no YouTube do DACOR

Quando: 15 de março (quarta-feira), às 19h30

Quanto: Gratuito

Inscriçõeshttps://www.sympla.com.br/evento-online/clementina-de-jesus-obra-e-legado/1906242

antalya bayan escort